Polícia Ambiental prende 17 por garimpo de quartzo em Arcos

Operação resultou na apreensão de 1 menor e de 4 sacos de pedras preciosas

Polícia Ambiental prende 17 por garimpo de quartzo em Arcos
Extração ilegal de quartzo era feita por pessoas oriundas da região norte do estado








A Polícia Militar de Meio Ambiente realizou na semana passada uma operação que resultou na prisão de 17 pessoas oriundas da região norte do estado por mineração irregular na zona rural de Arcos. Elas trabalhavam na extração ilegal de quartzo, mediante a utilização de picaretas, pás e outras ferramentas.

As abordagens aos garimpeiros resultaram ainda na apreensão de um menor, uma arma de fogo, seis munições, 18 ferramentas, sete aparelhos celulares e quatro sacos contendo pedras de quartzo. Dezoito Autos de Infração foram lavrados e R$ 1.425.519,00 de multas foram aplicadas.

A Polícia Militar de Minas Gerais conta com o apoio da população com intuito de identificar autores de crimes ambientais nos municípios da região, repassando as informações para o 2º Pelotão PM de Meio Ambiente, por meio do telefone (37) 3322-1454.